Pages

06 março 2017

O terrivel mofo nas roupas! Dicas para eliminar



Um dos roupeiros aqui de casa é um verdadeiro puxador de humidade,e a dica para um caso difícil é: Abra e retire todas as roupas e partes que saiam facilmente, passe spray anti-mofo no fundo e em todas as partes internas incluindo gavetas.limpe bem com um pano seco
Deixe aberto para circulação do ar. Depois de bem seco renovar os saquinhos(já falarei sobre eles) com giz e voltar a colocar a roupa.


Em qualquer loja do chinês,compra saquinhos de tecido fininho,e pode colocar pedaços de carvão,ou giz no fundo dos armários;  troque-os toda semana; 
- cravo  ou sementes de pimenta preta entre as roupas ou nos cantos das gavetas e prateleiras para espantar traças. Aqueles saquinhos de sílica gel (que vem nas malas que compramos)espalhe pelo interior das gavetas .Agora aqui em casa tenho recipientes com a silica dos gatos nos roupeiros.Resulta muito bem!

Para aromatizar: uma bola de cânfora, um ramo de alfazema, cinco cravos e cinco gotas de óleo de eucalipto. 

Para afastar a humidade e o mofo: giz branco ou pedaços de carvão. 

Para afastar ácaros, insetos e traças: pimenta preta em grãos, canela em pau e cravo da Índia ou capim limão com cravo da índia. 


26 novembro 2016

Arrumando a "tralha sentimental"

A “tralha sentimental” é quando nós nos apegamos a coisas do passado, é um jeito de lembrar ou fazer o passado ter algum sentido. Não é inteiramente ruim, porque nos dá um sentimento de felicidade e de nostalgia com itens sentimentais e é legal guardar algumas coisas porque elas significam algo para gente.


Mas, todo mundo tem espaço limitado (por maior que seja), então não dá para guardar tudo. Muitas coisas também são guardadas por tanto tempo, que acabam perdendo o significado, as vezes temos papéis guardados que nem sabemos mais porque estão lá. Temos que manter o que é realmente importante e separar do que é lixo, para dar espaço ao presente e ao futuro. Se livrar de itens com algum valor sentimental não é fácil. Pode ter muitas emoções envolvidas, e vamos combinar, aquelas coisas que você tem faz anos e anos é difícil de ver ir embora. Algumas vezes não queremos nos livrar de itens porque temos medo de perder a memória que o item nos proporciona. Dá para entender esse pensamento, mas tem outros jeitos de honrar nosso passado e manter a memória viva daquilo que é precioso para nós e para a nossa família sem manter itens velhos que você não usa, não tem onde guardar e se acumulam pela casa.



Para ficar mais fácil você pode começar por aqui:

1- Tirar uma foto do item e manter somente a foto (que pode ser apenas um arquivo digital mesmo). Isso funciona muito bem para arte das crianças, cartas, bilhetes e outros projetos manuais.

2- Rever tudo o que tem de itens sentimentais e pense se esse item poderia ter uma outra casa, se aquilo talvez possa significar mais para outra pessoa querida. Saber que o item terá um lar melhor ajuda no processo de doar. A doação pode ser para desconhecidos, como brinquedos antigos para crianças de um orfanato por exemplo. Pense em como eles vão aproveitar muito mais do que se esses brinquedos ficarem empoeirando no seu armário.

3 – Só mantenha itens sentimentais que tenham lugar para serem guardados, e estipule um espaço máximo que esses itens podem ocupar. Uma ou duas caixas são ideais para famílias pequenas para pequenos itens.

4 – Itens que não terão utilidade para outras pessoas e não trazem nenhuma memória muito especial, ou ocupam um espaço maior do que o seu significado, vão para o lixo. Sem dó e sem olhar duas vezes.

5- Os itens que você escolher manter serão valiosos para você, então tome cuidado deles e guarde eles em lugar apropriado. Deixe eles longe de humidade e do calor, não deixe junto com coisas que você usa regularmente. Eles não devem ficar no meio do caminho do seu dia a dia, devem ter seu cantinho especial. Se estiverem em caixas, coloque etiquetas nelas para você saber o que tem dentro.

6 – De vez em quando faça uma revisão nos seus itens sentimentais. Dá para achar alguma coisa que não faz mais sentido guardar e pode jogar fora ou doar.


Aqui em casa eu acho que esse é o tipo de bagunça mais complicado de tratar. Hoje eu não ligo muito para itens que me trazem boas memórias (pois já tenho as memórias, não acho que eu precise ter os itens na mão para “ativar” a memória), mas antigamente eu guardava todo papelzinho, bilhetinho de amigas, cartões de aniversário, papel de bombom, etc.  Hoje não tenho mais nem 5% dessas coisas, ou doei ou joguei fora. Já meu marido liga muito para isso e nunca quer doar nada que um dia tenha sido importante para ele. Então ainda temos algumas caixas de bagunça sentimental e  caixas com “lembranças”, incluindo fotos. Meus planos são sempre diminuir essa quantidade de tralha sentimental, e um dia, ter apenas uma caixa, com aquilo que é mais importante mesmo, e que traz boas lembranças.

Como é na sua casa? Tem muita tralha sentimental?

22 novembro 2016

12 ideias para decorar a frente de sua casa

A primeira coisa que todos reparam quando chegam  em nossa casa é a porta de entrada. Que tal deixar seus amigos e familiares já sentindo o cheirinho da época desde a porta?
Com essas ideias certamente vai se inspirar e transformar a sua entrada num aconchegante lugar.
Deixe o espírito de Natal entrar!












11 novembro 2016

Sim,existe dia oficial para montar a árvore de natal!



Já posso montar minha árvore?


Para a Igreja Católica, ainda não . A tradição manda esperar até o Advento, que é o período iniciado 4 domingos antes do Natal.

O Advento é um tempo de oração, reflexão e preparação para comemorar o aniversário de Cristo e os primeiros relatos dão conta de que foi estabelecido por volta dos século IV. Durante as 4 semanas, os fiéis celebram a espera pela segunda vinda de Jesus e, nos dias mais próximos ao Natal, recordam o nascimento em Belém.

A montagem do presépio, também tradicional em tempos de Natal, deve seguir a mesma linha da preparação da árvore de natal. Aos poucos, pode-se começar a montar a gruta, colocar os animais e os pastores, mas Maria, José e o menino Jesus devem fazer parte do presépio apenas mais próximo do Natal. 

O presépio, diz a tradição foi uma invenção de São Francisco de Assis para lembrar a simplicidade e as dificuldades enfrentadas por Maria e José no nascimento de Jesus. A orientação para quem pretende seguir a tradição católica é não sofisticar os presépios com luzes e enfeites.



Hora de desmontar

Tradicionalmente, o dia de desmontar a árvore de Natal, o presépio e toda a decoração é 6 de janeiro, o Dia de Reis. É nesse dia que três magos, pessoas sábias, encontram o menino Jesus e ele é então revelado a todas as nações. Termina então o tempo de Natal, o tempo de expectativa, e começa o tempo comum para a Igreja.


Clique no link para dicas na hora de montar a árvore
Clique AQUI

14 outubro 2016

Organizar o estudo



Defina uma rotina
Quando eu ouvia minha mãe comentando como funcionavam as coisas à sua época, para mim parecia mais uma ditadura do que um sistema de educação. Muitas coisas eu ainda não concordo, mas várias tem o seu valor, e uma delas é a rotina de estudo.
Quando cria uma rotina de estudo bem definida, você programa toda a sua vida para não afetar o seu horário e formato de estudo. Defina, por exemplo, que você vai estudar duas horas por dia. Defina, por exemplo, que vai estudar na biblioteca da sua escola se você não conseguir ter paz em casa para estudar. Defina, que você precisa ter papel e caneta à sua volta para anotar os pontos mais importantes do que você for lendo. Enfim, existem várias formas de se estudar, mas é importante definir como realizar isso tudo com o
mínimo de interrupções e com o máximo de aproveitamento.

Encontre sua maneira de estudar e tenha um excelente novo ano!
( Em Portugal o ano lectivo começou agora em Setembro)