A mesma língua? Sério?


Já que estou aqui de ferias,e em conversa com a minha querida afilhada  do blog Morena Jambo falávamos da grande diferença na nossa língua .A conversa é velha,mas conta-se que um casal de brasileiros chegou a Lisboa   alugou um carro e seguia tranquilamente pela estrada Lisboa–Porto, quando deu de cara com um aviso: "Cuidado com as bermas". Eles ficaram assustados — que diabo seria uma berma? Alguns metros à frente, outro aviso: "Cuidado com as bermas". Não resistiram: pararam no primeiro posto de gasolina,(bomba de gasolina) perguntaram o que era uma berma e só respiraram tranquilos quando souberam que berma era o acostamento.


Muitas palavras chegam até Portugal pelas novelas,mas até que ponto é que elas são realmente entendidas?Aqui ficam algumas básicas da língua pura portuguesa,algum amigo brasileiro arrisca?
Descapotável
agrafador
montra
bica
alforreca
lixívia
E aqui para não deixar ninguém de fora,algumas tipicamente brasileiras :
Patricinha
Fusca
"maneiro"
terno
"amarelar"



Propositadamente deixei de fora as óbvias: bicha,cuecas,peúgas,cacete,autocarro.. pois a intenção não é que os brasileiros cheguem a  Portugal e estar tudo traduzido, ou escrito em brasileiro corrente...
Meias, meu caro em portugal é meias,peúgas, e mais o que quiser..cuecas são efectivamente cuecas, tangas, fio-dental, asa-delta..e não calcinhas, porque calcinhas é diminutivo de CALÇAS, que é outra peça de vestuário. E já agora fila em Portugal também é fila..bicha é calão,ou giria porque o que para brasileiros é bicha para portugueses é maricas, gay e outras coisas mais.
Era bom que quando alguns brasileiros viessem a   Portugal tentassem entender o país em que estão,não façam como Maitê Proença que fez esse papel tão feio demonstrando tanta falta de respeito e cultura... porque quando vou ao Brasil também tenho que me esforçar para não me rir de tanto pontapé na gramática que oiço.
                                                          Luciana

Mensagens populares